Investimento E Produtividade Dos Fatores Primários: Uma Análise De Equilíbrio Geral Aplicado

Autores:

 Marcos Minoru Hasengawa Sr. – Universidade Federal do Paraná

Joaquim José Martins Guilhoto – Universidade de São Paulo

Resumo: O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito dos gastos sociais e de investimentos públicos e privados no desenvolvimento e crescimento da Economia Brasileira. A hipótese básica verificada neste trabalho é que as políticas adotadas pelo governo federal são efetivamente realizadas se existir uma combinação do aumento dos investimentos e gastos públicos com o aumento da produtividade dos fatores de produção. O modelo MIBRA foi trabalhado com 42 setores e seis macrorregiões brasileiras. Foram utilizados a matriz inter-regional brasileira de 1999 e dados obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, do Banco Central do Brasil, da Fundação Getúlio Vargas e de vários trabalhos de pesquisas. A política de investimentos e gastos do governo combinada com aumento da produtividade dos fatores primários trabalho, capital e terra, proporciona um crescimento econômico para a economia brasileira no longo prazo. Mas por outro lado, esta política de longo prazo aumentaria as diferenças regionais em termos de desenvolvimento e crescimento econômico. O aumento da produtividade dos fatores de produção torna os resultados mais “elásticos” a aumentos nos investimentos e gastos do governo.

Palavras-chaves: Políticas públicas, desenvolvimento econômico, modelo de equilíbrio geral

Download SSRN  Download IDEAS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s