O impacto da globalização na indústria têxtil, 1990 a 1999

Authors:

Fernanda Sartori de Camargo – Universidade de São Paulo

Joaquim J.M. Guilhoto – Universidade de São Paulo

Abstract: A abertura econômica e o processo de globalização, iniciados na década de 90, trouxeram forte impacto na economia brasileira. Entre 1988 e 1993 realizou-se amplo processo de liberalização, reduzindo-se gradativamente o grau de proteção da indústria local. É nesse contexto que se origina o processo de reestruturação do setor têxtil brasileiro, bastante fragilizado com a forte concorrência dos produtos importados, em virtude da defasagem tecnológica do parque industrial, e da falta de competitividade, oriundas em parte devido à proteção alfandegária.

Dessa forma, por meio da metodologia de matriz insumo-produto, o presente trabalho analisa o comportamento da Indústria Têxtil no que diz respeito ao impacto das importações, bem como a questão de empregos nesse setor durante a década de noventa. Objetiva apresentar os respectivos coeficientes diretos e indiretos, e o quanto de importação e emprego têm origem na endogenização do consumo das famílias. Os resultados apontam para uma diminuição dos multiplicadores de importação e um aumento dos multiplicadores de emprego.

Download SSRN / Download IDEAS / Download ResearchGate

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s